O CALEIDOSCÓPIO DE PRADA

 

 

Os estampados gráficos são a imagem de marca da colecção de Inverno da Prada. Usando o mesmo padrão em look total ou coordenando padrões diferentes, o resultado é a criação de um efeito caledoscópico que ameniza as peças de inspiração masculina.

 

Mas não são só os padrões que marcam a colecção da Prada. As peças de alfaiataria estão presentes em toda a colecção. 

Os conjuntos de blazer e calças são usados com padrões iguais. A rígidez dos blazers é atenuada com cintos a marcarem a cintura e as calças com altura pelos tornozelos permitem evidênciar os sapatos.

 

 

 

 

 

Os sobretudos seguem o exemplo de outras peças com estampados gráficos ou pretos com aplicações.

 

 

 

 

 

A grande novidade nas peças de alfaiataria está nos coletes compridos (ou casacos sem mangas) com abertura à frente.

 

 

 

 

As sobreposições, ou o "vestir em camadas", são, não só, conseguidas através do uso de casacos compridos por cima das restantes peças, mas também pelo uso de saias traçadas por cima de calças.

 

 

 

 

O corte masculino das peças é atenuado pelas aplicações que tornam a colecção mais feminina.

 

 

 

 

 

As malas seguem a tendência das roupas: padrões gráficos e aplicações.

 

 

 

 

 

Os sapatos são os tradicionais Mary Jane, todos pretos com as pontas coloridas ou coloridos com flores.

 

 

 

 

 

 

(Fotos: Vogue.com)

publicado por Maria Purpurina às 17:40 | link do post | comentar